Pesquisar este blog

terça-feira, 5 de julho de 2016

Beber vinho é pecado?

Parafraseando Santo Tomás de Aquino na Suma Teológica, segundo a Bíblia de Jerusalém

Há razões para crer que o uso do vinho é totalmente ilícito, a saber:
1. Com efeito, sem sabedoria ninguém pode estar em condições de salvação, como diz a Escritura: “… pois Deus ama só quem habita com a Sabedoria.” (Sabedoria de Salomão 7, 28) e ainda “Os homens que te agradaram desde o princípio foram salvos pela Sabedoria”. Ora, o uso do vinho impede a sabedoria, segundo o Eclesiastes: "Ponderei seriamente entregar meu corpo ao vinho, mantendo meu coração sob a influência da sabedoria, e render-me à insensatez, para averiguar o que convém ao homem fazer debaixo do céu durante os dias contados da sua vida." (2, 3). Logo, é absolutamente ilícito beber vinho. 
2. Além disso, declara o Apóstolo (São Paulo): "É bom se abster de carne, de vinho e de tudo o que seja causa de tropeço, de queda ou de enfraquecimento para teu irmão." (Romanos 14, 21). Ora, deixar de praticar o bem da virtude é escandalizar os irmãos, é fazer o mal. Logo, o uso do vinho é ilícito.